TAO PILATES
 Boa noite,  
Seja bem vindo a TAO PILATES.

Newsletter TAOPILATES






25/04/2016
Suplemento: saiba como evitar adulterações e acertar na escolha





Fisiologista diz que única maneira de não ser “enganado” na hora de comprar o suplemento é escolher empresa idônea

Hoje em dia, com cada vez mais pessoas buscando saúde e qualidade de vida, o mercado de suplementos nutricionais tem crescido substancialmente. Felizmente cresce também o conceito de que suplementos são para todos, e não somente para atletas e bodybuilders. Desde que consumidos adequadamente, ou seja respeitando-se cinco princípios básicos – “por que”, “o quê”, “como”, “quando” e “quanto” consumir -,o uso de suplementos só traz benefícios à saúde, qualidade de vida e performance.

Porém, com o crescente número de produtos e de empresas produtoras de suplementos à disposição no mercado, como saber qual é melhor? Como escolher? Talvez hoje, essa seja a pergunta mais difícil de ser respondida, não só pelo consumidor, como também pelos profissionais que orientam a utilização dos suplementos.
Isso ocorre porque infelizmente existem no mercado empresas que visando um lucro maior, adulteram seus produtos e, o que se lê no rótulo não é o que se encontra dentro do pote. O fato já é antigo, como pudemos constatar por matéria levada ao ar pelo “Fantástico”, no dia 12 de setembro de 2013, na qual o Inmetro, a pedido da Rede Globo, constatou inúmeras irregularidades nos suplementos analisados.

Antigamente, a forma mais comum de adulteração era manipular a proporção carboidrato x proteína, colocando-se uma quantidade de proteína menor e uma quantidade de carboidrato maior do que explicitado no rótulo. No entanto, como essa forma de adulteração era facilmente detectada em análises quantitativas, com o tempo surgiram novas formas de adulteração.

Uma delas é a adição de vários tipos de proteínas de baixo custo (soja, trigo, arroz, colágeno) a um produto de mais alto custo, como o whey protein, sem que essa adição de outros tipos de proteínas seja comunicada no rótulo. Outra forma de adulteração consiste na adição de aminoácidos de baixo custo à proteína de forma a garantir um alto teor de aminoácidos e assim mascarar o teste quantitativo. Esse procedimento é chamado “Amino Spiking”.

A única forma de coibir essas adulterações seria através da realização de testes qualitativos, capazes de identificar não só a quantidade, como a qualidade, ou seja: qual o tipo de proteína, se houve adição de aminoácidos e quais aminoácidos foram adicionados.

Portanto, voltando à pergunta do início do nosso texto, a resposta é: escolha uma empresa idônea que respeite as Boas Práticas de Manufatura (cGMP) e que submeta seus produtos a análises qualitativas.

Matéria publicada no site do Globo Esporte.


TAO PILATES INSTITUTO DE MEDICINA DO ESPORTE - TAO CURSOS

DR. JOEL STEINMAN - CRM 6447 - DIRETOR TÉCNICO


CURSOS TAO PILATES BLUMENAU

CURSOS TAO PILATES BRASÍLIA

CURSOS TAO PILATES CHAPECÓ

CURSOS TAO PILATES CURITIBA

CURSOS TAO PILATES FLORIANÓPOLIS

CURSOS TAO PILATES FOZ DO IGUAÇU

CURSOS TAO PILATES JOINVILLE

CURSOS TAO PILATES MARINGÁ

CURSOS TAO PILATES PORTO ALEGRE

CURSOS TAO PILATES SANTOS

CURSOS TAO PILATES SÃO PAULO

CURSOS TAO PILATES VITÓRIA














Todos os direitos reservados TaoPilates @2012