TAO PILATES
 Bom dia,  
Seja bem vindo a TAO PILATES.

Newsletter TAOPILATES






09/09/2016
Você sabe o que é diástase abdominal?





Como sabemos, a gravidez promove diversas alterações no corpo. Com o crescimento do bebê, o útero se expande e consequentemente os músculos do abdome se alongam. Ocorre um estiramento dessa musculatura para que haja mais espaço para o útero continuar se expandindo. É uma separação da linha média (linha alba) dos músculos retos da parede abdominal.

Esse afastamento dos músculos do abdome é chamada de Diástase abdominal ou Diástase dos músculos reto abdominais.

Outro fator que contribui para esse afastamento da musculatura é a alteração hormonal. O hormônios que atuam nesse caso são os seguintes: relaxina, progesterona e estrógeno.

A separação dos feixes do músculo podem ocorrer em região infra umbilical, umbilical e supra umbilical. Consideramos que essa separação é normal até ± 3cm. Nesse caso geralmente a musculatura volta ao normal sem maiores problemas.

Um dos motivos de desconforto lombar ou pélvico durante a gestação pode ser a diástase abdominal, já que há uma grande interferência da musculatura do abdome na estabilização do tronco, comprometendo a postura e tornando a gestante mais predisposta à dor.

Como fatores para predisposição consideramos:

  • Obesidade;
  • Gestações múltiplas (gêmeos, trigêmeos…);
  • Macrossomia fetal (com mais de 4kg);
  • Multiparidade (mais de dois partos);
  • Aumento do líquido amniótico;
  • Flacidez da musculatura abdominal pré-gravídica.

Alguns cuidados devem ser tomados no caso de diástase abdominal. Exercícios abdominais tradicionais de flexão de tronco são contraindicados.

Quando realizamos a flexão ocorre um aumento da pressão intra-abdominal. Esta força pode causar o aumento da separação dos retos e, portanto, piorar a diástase e evoluir para uma hérnia abdominal ou umbilical, por exemplo.

O fortalecimento abdominal deve ser realizado através de exercícios de estabilização de tronco e cintura pélvica através do Pilates.

Uma outra alternativa para fortalecer a musculatura do abdômen sem realizar a flexão do tronco são os exercícios hipopressivos, que tem um excelente resultado no pós-parto, relacionado a diástase abdominal e também a fortalecimento do assoalho pélvico.

Lembre-se que um profissional especializado e consciente de todas as modificações fisiológicas que acontecem nesse momento é fundamental.

Ana Regina Nogueira
CREFITO-3 163265/F
Fisioterapeuta e idealizadora da Umana Pilates – para o corpo gestante


Matéria publicada em Revista Pilates


TAO PILATES INSTITUTO DE MEDICINA DO ESPORTE - TAO CURSOS

DR. JOEL STEINMAN - CRM 6447 - DIRETOR TÉCNICO


CURSOS TAO PILATES BLUMENAU

CURSOS TAO PILATES BRASÍLIA

CURSOS TAO PILATES CHAPECÓ

CURSOS TAO PILATES CURITIBA

CURSOS TAO PILATES FLORIANÓPOLIS

CURSOS TAO PILATES FOZ DO IGUAÇU

CURSOS TAO PILATES JOINVILLE

CURSOS TAO PILATES MARINGÁ

CURSOS TAO PILATES PORTO ALEGRE

CURSOS TAO PILATES SANTOS

CURSOS TAO PILATES SÃO PAULO

CURSOS TAO PILATES VITÓRIA













Todos os direitos reservados TaoPilates @2012